Integra Notícias - Sua fonte de notícias de Uberlândia e Região

Erro na Linha: #11 :: Undefined offset: 0
/home/integranoticiasc/public_html/themes/news/noticia.php

Erro na Linha: #11 :: Undefined offset: 0
/home/integranoticiasc/public_html/themes/news/noticia.php

Erro na Linha: #12 :: Undefined offset: 0
/home/integranoticiasc/public_html/themes/news/noticia.php

Notícia

"Chimarrão: origem e mistérios da bebida símbolo dos gaúchos" Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/bomgourmet/c

Publicidade

Nome do anunciante aqui!

OUVIR NOTÍCIA

"“O uso dessa bebida é geral aqui. Toma-se ao levantar da cama e depois várias vezes ao dia. A chaleira de água quente está sempre ao fogo e logo que um estranho entra em casa se lhe oferece o mate”. Estas são palavras do naturalista francês Auguste de Saint Hilaire, após visita em solo gaúcho por volta do ano de 1820."

"Bebida símbolo do Rio Grande do Sul, o chimarrão é um legado dos índios Guaranis. Sempre presente no dia a dia, constitui-se de uma das tradições mais representativas deste povo. É também conhecido como mate amargo, mas não tem nada de amargo em seu significado: é sinônimo da hospitalidade e da amizade do gaúcho.

 Farofa de erva-mate

Tradicionalmente é cevado sem açúcar (antigamente o mate doce era essencialmente feminino), preparado em uma cuia (obtida a partir do porongo ou cabaça) e sorvido através de uma bomba. É a bebida proveniente da infusão da erva-mate, planta nativa das matas sul-americanas, inclusive do Rio Grande do Sul.

Segundo a atual 1ª Prenda do Rio Grande do Sul, Jéssica Thaís Herrera, “o chimarrão percorre de mão em mão, transportando a história, a cultura e a essência do povo gaúcho. Por isso, nas rodas de mate reina a liberdade, a igualdade e a humanidade, fazendo jus à titulação de símbolo da hospitalidade”, afirma.

Um pouco de história
Assim como é comum comer acarajé quando se visita Salvador, ou pão de queijo quando se vai a Minas Gerais, impossível visitar o Rio Grande do Sul sem experimentar o chimarrão. Contam os historiadores que sua descoberta está atrelada aos Guaranis das terras do município paranaense de Guaíra – cerca de 3.000 indígenas famosos por sua vitalidade, força, alegria e hospitalidade, graças ao consumo da infusão dessa espécie de chá, com folhas fragmentadas da erva-mate. É o que hoje chamamos de chimarrão, bebida que se espalhou não só pelo Sul do Brasil mas também por outros estados e países vizinhos.

Modo de preparo"

"A constituição do chimarrão é fácil. É composto por uma cuia, uma bomba, erva-mate e água quente, seguidos de algumas regrinhas que veremos a seguir. Para iniciar o mate tradicional, a cuia deve ser necessariamente de porongo. A bomba, por sua vez, nos primórdios era de feita de taquara (bambu), mas nos dias atuais, preferem-se outros materiais, como o metal.

A erva-mate é o segredo do chimarrão, ela define o sabor da bebida, que em geral tem um amargor típico, também podendo ser defumada ou ainda contar com misturas de chás (essa mistura é conhecida como “mate jujado”). Essa erva é originária das folhas e caules finos da árvore Ilex paraguariensis e para estar pronta para o uso, passa por vários estágios de secagem, torragem e trituração.

Sem esquecer que a água, embora quente, não pode estar fervendo para que, com seu calor excessivo, não “queime” a erva (nem a boca) e tire as propriedades medicinais da bebida. É o que nos explica a tradicionalista Priscila Tisott, avaliadora oficial do Movimento Tradicionalista Gaúcho e Prenda do Rio Grande do Sul por três ocasiões: “costuma-se dizer que para que a água esteja na temperatura certa, deve-se desligar o fogo ao chiar da chaleira”, acrescenta Priscila.

Propriedades do chimarrão
Rico em vitaminas B1, B2 e C, bem como em sais de cálcio, ferro, sódio e magnésio, é considerado por estudiosos como um estimulante geral, tanto motor quanto vegetativo, além de diminuir a fome, auxiliar na digestão, combater a fraqueza e curar ressaca! E não para por aí: em “História do Chimarrão”, o folclorista Luiz Carlos Barbosa Lessa afirma ainda que o chimarrão desperta funções de inteligência, diminui a sensação de sede e a fadiga, tonifica o coração, diminui a produção de ureia, ajuda na função renal e ainda combate o cansaço intelectual.

O mate e seus significados"

"Em “Cevando o Mate”, o escritor Glênio Fagundes retrata algumas facetas históricas, antropológicas e culturais do chimarrão como, por exemplo, variações na forma de consumo da bebida que falam por si. Alguns significados podem ser percebidos de acordo como se oferece a bebida:

Mate com canela: só penso em ti
Mate com mel: quero casar contigo
Mate frio: desprezo-te
Mate enchido pelo bico da bomba: vás embora
Mate com sal: não apareças mais aqui
Mate servido com a mão esquerda: você não é bem-vindo (a)
Mate com açúcar: simpatia"

"Combinações gastronômicas"

"A importância gastronômica dessa bebida é de muita notoriedade e sua principal característica é ser uma bebida degustada coletivamente, hábito derivado da tradição dos Guaranis de compartilhar a erva cevada em rituais comunitários. E como símbolo da hospitalidade, geralmente a cuia de chimarrão vem acompanhada de boa conversa e algumas delícias típicas: bolinho de chuva, pipoca, cueca virada, cuca, dentre outras.

Além de ser matéria-prima para o chimarrão, de uma forma bastante inusitada a erva-mate tem sido utilizada como ingrediente para diversas receitas: sorvetes, mousses, bolos, farofas, rapaduras, trufas, patês, pães, panetones, alfajores, risoles e até pizzas. Seu sabor de identidade é notório em todas as receitas."

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Publicidade

Nome do anunciante aqui!

Veja também

Comércio central e shoppings em Uberlândia poderão funcionar aos sábados
24Set

Comércio central e shoppings em Uberlândia poderão funcionar aos sábados

informação foi passada ao Portal Integra por membros do Comitê, mas ainda não oficializada pela Prefeitura.

Clientes que têm dívida com Cemig podem negociar débito até 30 de setembro
24Set

Clientes que têm dívida com Cemig podem negociar débito até 30 de setembro

Cidadãos podem parcelar com companhia em até 12 vezes sem juros.

Motociclista morre após bater em carreta no acostamento da BR-452 em Uberlândia
24Set

Motociclista morre após bater em carreta no acostamento da BR-452 em Uberlândia

Não se sabe o que causou a colisão.

Cantora Kássia Gues faz post romântico com marido Flávio Lima e fãs vão a loucura
23Set

Cantora Kássia Gues faz post romântico com marido Flávio Lima e fãs vão a loucura

Amor de casal na quarentena

MAIS NOTÍCIAS

Publicidade

Parceiro
Nome do anunciante
Parceiro
Nome do anunciante
Parceiro
Nome do anunciante
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )