Integra Notícias - Sua fonte de notícias de Uberlândia e Região

Notícia

Idosa cai da maca do Siate, bate a cabeça e morre horas depois; família denuncia ordem médica para colocar Covid-19

Integra Notícias

Publicidade

Nome do anunciante aqui!

OUVIR NOTÍCIA

Uma idosa de 82 anos morreu na última sexta-feira, 12, horas após cair da maca da ambulância do Sistema Integrado de Atendimento a Trauma e Emergência (Siate), em Uberlândia e bater a cabeça no chão. A família chamou nossa equipe pedindo ajuda para obrigar o município a emitir o laudo correto da causa mortis. Isso porque, segundo a denúncia dos parentes, a ordem dada aos médicos é para colocar Covid-19 em todos os casos de morte possíveis na cidade.

O primeiro laudo entregue aos parentes de Balbina José dos Santos, de 82 anos, trazia causa indeterminada. Na denúncia os familiares nos disseram que o médico permitiu que eles escolhessem colocar entre coronavírus e causa indefinida e que a ordem vinha da administração pública.

Uma filha de Balbina Santos acionou socorro médico depois que a idosa começou a apresentar quadro de hipoglicemia. Ao chegar na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do Planalto às 7h30, o maqueiro do Siate deixou a mulher cair. A maca caiu sobre a vítima e deslocou o marcapasso que ela usava. Balbina precisou ser entubada. às 21h a idosa morreu.

Os familiares registraram um boletim de ocorrência. Nele consta que a vítima teve traumatismo craniano ao bater a cabeça no chão. A sobrinha, Lindeia José Pereira disse que ao ver o corpo, percebeu um hematoma e com um galo muito grande na cabeça da tia, além de várias escoriações no corpo e no rosto. “O nariz dela estava um pouco torto, a impressão que tinha quebrado o nariz dela”, disse.

“O médico da uai disse que eles foram orientados a dizer que a causa da morte é Covid ou indefinida. Inclusive o médico falou pra gente, o que vocês querem que coloque? Eu falei, não quero que coloque isso não. Eu quero a causa real, a causa verdadeira.”

Balbina tinha 9 filhos, netos, bisnetos, genros e noras. Inconformada, a família pede justiça e a verdade. “A gente não quer briga, a gente não quer discussão, a gente não quer processar ninguém, a gente só precisava saber do que ela morreu.”

O Ministério Público entrou no caso e obrigou o IML a fazer a necropsia no corpo. Um segundo laudo foi emitido e nele consta “hepatopatia crônica” e “cardiomiopatia dilatada”.

Em suas redes sociais, a primeira-dama Ana Paula Junqueira, que também é secretária de comunicação e de governo, se manifestou dizendo que a reportagem é fake news. E para ‘comprovar’ publicou o segundo laudo com a causa mortis, tentando desmentir a família de que tivesse havido um laudo sem a causa da morte. No entanto nós tivemos acesso aos dois documentos que você confere abaixo.

A sobrinha continua: “Tem muita gente que tá morrendo ai e eles estão dizendo que é Covid, mas não é. É outra coisa, porque? Porque eles não tão correndo atrás de fazer os exames para saber realmente o que aconteceu. Então estão enterrando todo mundo de Covid? Cadê os nossos direitos? é isso que a gente precisa gente. Se todo mundo enterrar o seu parente o seu próximo desse jeito aí, é por isso que está ficando desse jeito, essa bagunça aí. Eu sei que há uma pandemia, só que muitos aqui, tá claro que tá havendo golpe deles, não tem tanta gente morrendo de Covid assim não. A minha tia não morreu de Covid. Não morreu”, disse.

O adeus

O triste adeus à senhora Balbina José dos Santos, de 82 anos, finalmente ocorreu depois de tantas dificuldades enfrentadas. A família finalmente conseguiu fazer as homenagens póstumas e o enterro com muita emoção na manhã de sábado, 13. O cortejo seguiu até o cemitério Campo do Bom Pastor em Uberlândia. Um carro com som foi ligado com uma música que fala de mãe e agradecia pela mulher exemplar que Dona Balbina foi.

Publicidade

Nome do anunciante aqui!

Veja também

Três ficam feridos em colisão entre motocicletas, um em estado grave
11Jul

Três ficam feridos em colisão entre motocicletas, um em estado grave

Uberlândia

Polícia Civil incinera mais de meia tonelada de maconha apreendida em Uberlândia
11Jul

Polícia Civil incinera mais de meia tonelada de maconha apreendida em Uberlândia

Brasil

Entretenimento online ganha força e possibilidades aumentam
10Jul

Entretenimento online ganha força e possibilidades aumentam

Entretenimento

Homem esconde dinheiro em conta de amigo durante divórcio e terá que pagar R$ 78 mil à ex
10Jul

Homem esconde dinheiro em conta de amigo durante divórcio e terá que pagar R$ 78 mil à...

Brasil

MAIS NOTÍCIAS

Publicidade

Parceiro
Nome do anunciante
Parceiro
Nome do anunciante
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )