Integra Notícias - Sua fonte de notícias de Uberlândia e Região

Notícia

Puxado pelo preço dos combustíveis, Uberlândia registra inflação de 1,04% no mês outubro

Integra Notícias

Publicidade

Nome do anunciante aqui!

OUVIR NOTÍCIA

Puxado pelo preço dos combustíveis, Uberlândia registra inflação de 1,04% no mês outubro

 

Impulsionada pelos custos de transportes, principalmente no preço dos combustíveis, a inflação em Uberlândia ficou em 1,04% no mês de outubro. O dado é do boletim divulgado pelo Centro de Estudo, Pesquisas e Projetos Econômico-Sociais da Universidade Federal de Uberlândia (Cepes/UFU). No mesmo período, a cesta básica de alimentos ficou 2,96% mais cara.

De acordo com o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), a variação foi de 0,01% acima da inflação contabilizada em setembro, quando fechou o mês em 1,05%. Todos os 9 grupos analisados pelo Cepes/UFU tiveram alta nos preços.

O registro em outubro de 2021 é o maior no mês, desde o ano de 2002, quando foi registrada uma inflação de 2,51% em outubro.

Veja abaixo outros grupos que puxaram a alta, além do tempo médio de trabalho necessário para aquisição dos produtos da cesta básica.

Inflação do mês

Segundo o IPC, com o resultado de outubro, a variação da inflação acumulada em 2021 é de 7,37%. (Veja a variação do acumulado do ano no gráfico abaixo). Já nos últimos 12 meses, ou seja, entre novembro de 2020 a outubro de 2021, a taxa é ainda maior, 9,52%.

Os dados apresentados são pesquisados mensalmente em mais de 500 estabelecimentos parceiros, sendo a última coleta realizada entre 1º e 31 de outubro. A estrutura básica do IPC/Cepes é composta, ainda, por 235 subitens.

Itens pesquisados

Em outubro, todos os nove grupos registraram aumento de preços. A principal crescente foi em relação ao grupo de transportes (2,44%), com destaque para o aumento no item "combustíveis".

O segundo grupo com maior aumento na inflação foi o de vestuário (2,08%), puxado pelo item "roupa infantil". O grupo comunicação (1,39%), puxado pelo item "telefone fixo" foi o terceiro com maior aumento.

Além deles, os outros registros de inflação foram nos grupos habitação (0,68%)saúde e cuidados pessoais (0,68%)artigos de residência (0,62%)despesas pessoais (0,61%)alimentação e bebidas (0,4%) e educação (0,05%).

Cesta Básica

Já Cesta Básica de Alimentos (CBA) ficou 2,96% mais cara em Uberlândia. Veja no gráfico abaixo o valor da CBA em cada período de 2021.

Segundo o informativo, o preço era de R$ 560,85 em setembro. Em outubro, fechou em R$ 577,43. Dos 13 itens básicos pesquisados, 6 tiveram queda no mês anterior:

 

 

 

 

 

 

 

 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 

Fonte

G1 Triângulo e Alto Paranaíba
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Publicidade

Nome do anunciante aqui!

Veja também

Covid-19: Dados apontam eficácia a longo prazo da vacina da Pfizer em adolescentes
22Nov

Covid-19: Dados apontam eficácia a longo prazo da vacina da Pfizer em adolescentes

CORONAVÍRUS

Idoso morre e outro fica ferido após atropelamento em Uberlândia; motorista fugiu sem prestar socorro
22Nov

Idoso morre e outro fica ferido após atropelamento em Uberlândia; motorista fugiu sem...

Uberlândia

Dia da Consciência Negra: congresso de Matriz Africana celebra data na 23ª edição em Uberlândia
19Nov

Dia da Consciência Negra: congresso de Matriz Africana celebra data na 23ª edição em...

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Em  Uberlândia: novo calendário com aplicação de AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer é divulgado pela Prefeita.
18Nov

Em Uberlândia: novo calendário com aplicação de AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer é...

COVID-19

MAIS NOTÍCIAS

Publicidade

Parceiro
Nome do anunciante
Parceiro
Nome do anunciante
Parceiro
Nome do anunciante
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )